Skip to content

Bemol monitora rede de varejo inteira com software Digifort e câmeras Axis na região norte do Brasil

Enviado por marcelino - 16/12/2013 - Casos de Sucesso, Geral, Notícias

Lojas, centros de distribuição e escritórios do grupo varejista, um dos maiores da região Norte, são monitorados por câmeras de rede da Axis

.

Por www.axis.com / www.mscommidia.com.br.

Fotos: Divulgação / Axis Communications.

.

Central de monitoramento do grupo Bemol via Digifort

A Bemol é um dos principais grupos varejistas da região Norte do Brasil. Com 19 lojas e três centros de distribuição, além de um escritório-sede de onde coordena sua bem-sucedida operação e-commerce, a empresa conta com mais de 2200 colaboradores em seus três estados de atuação. No horário comercial, o número de pessoas que circula pelos seus corredores aumenta exponencialmente, já que a Bemol é constantemente apontada como top of mind pela população de Manaus (AM). Para monitorar todo este fluxo, foi preciso pensar num projeto de videomonitoramento de alta qualidade. As câmeras analógicas adotadas até então já não atendiam mais às necessidades do grupo.

.

Solução – A integradora RV Instalações criou um projeto completo para a instalação de uma solução de videomonitoramento IP na rede da Bemol. No total, foram utilizadas 430 câmeras: 405 Câmeras de Rede AXIS M1114, 16 AXIS M1103, oito AXIS P1344-E e uma Axis Speed Dome. Todas as câmeras são gerenciadas pelo software Digifort Professional, da Digifort, parceira da Axis.

.

Resultado – O projeto de videomonitoramento da RV Instalações superou as expectativas da Bemol. Já nos primeiros meses de uso, o sistema permitiu identificar uma quantidade de eventos muito superior ao registrado pelo analógico. Além disso, as imagens também ajudam a otimizar as operações: é possível monitorar áreas que mais atraem clientes, verificar prateleiras que precisam ser reabastecidas e saber em tempo real quais setores necessitam de mais vendedores, por exemplo.

.

“Antes, tínhamos um sistema totalmente descentralizado que frequentemente precisava de manutenção. Agora, temos uma solução com uma central de monitoramento, câmeras que funcionam perfeitamente e resultados que auxiliam não apenas no monitoramento, mas também nas operações das lojas. O gerente de nosso Centro de Distribuição me disse esses dias que, em seis meses com a Axis, já conseguimos ter mais resultados do que em seis anos da outra solução”.

.

Jesaias Arruda, Chefe da Divisão de Suporte, Bemol.

.

Projeto Piloto – Primeiro projeto da RV Instalações com câmeras IP, quando viu a necessidade da Bemol, a empresa pesquisou o mercado e, antes de oferecer o projeto ao cliente, elegeu a Axis como parceira. Cursou os treinamentos oferecidos pela Axis e pela Digifort e, só então, apresentou uma proposta de modernização de videomonitoramento para a Bemol.

.

O primeiro passo foi adotar as câmeras Axis em uma única loja, a unidade Bemol Barroso, em Manaus, para avaliar o potencial da solução. Foram instaladas 16 câmeras AXIS M1114 no interior da loja. Em pouco tempo, a Bemol confirmou a eficiência do monitoramento em rede e solicitou à RV Instalações que a solução fosse ampliada para todo o grupo. Em paralelo, adotou mais oito câmeras na loja Bemol Barroso para que não apenas o interior da unidade, mas também seu estacionamento fosse monitorado.

.

Monitoramento à distância – Atualmente, as 19 lojas – inclusive a recém-inaugurada unidade da Ponta Negra Shopping, em Manaus – contam com câmeras Axis, bem como os três centros de distribuição e o escritório central da companhia, conforme mencionado anteriormente neste estudo. Os 23 ambientes são monitorados de uma central de monitoramento montada na sede da empresa, localizada na capital amazonense. De lá, operadores remotos trabalham em escala 24×7 para analisar todas as imagens captadas em tempo real.

.

A Sala de Monitoramento é composta por sete servidores e 24 telas LED 32” para acompanhamento local. O sistema de câmeras é alimentado via Power Over Ethernet e as câmeras contam com inteligência de sensor de presença: elas monitoram os ambientes constantemente, mas apenas gravam as imagens quando detectam movimentação no local, economizando, assim, espaço de armazenamento. Para transmitir as imagens à central, cada unidade conta com um link dedicado de 1MB para a tarefa.

.

Para o futuro, o sucesso do projeto é tão grande que a Bemol começa a experimentar monitoramento noturno automatizado: as câmeras devem passar a detectar automaticamente movimentos no período em que a loja está fechada, acionando alarmes e sistemas de aviso à polícia, ao corpo de bombeiros ou à segurança patrimonial privada, conforme o caso. Em seis meses, as câmeras de rede ajudaram a detectar mais ocorrências do que em seis anos com uso de câmeras analógicas.

.

  • Organização: Lojas Bemol.
  • Segmento industrial: Varejo.
  • Localização: Manaus/AM (sede) – Brasil.
  • Parceiros: Axis, Anixter, RV Instalações e Digifort.
  • Aplicação: Monitoramento patrimonial e gerenciamento de lojas.

.

Mais informações estão disponíveis em www.axis.com.

.

Digifort – É o primeiro software brasileiro de “Monitoramento IP” e armazenamento digital de imagens. Conhecido no mercado como um IP Surveillance System, o produto possui recursos, equipamentos e soluções tecnológicas avançadas para as áreas de inteligência digital, vigilância empresarial e segurança urbana. Possui mais de 12 mil clientes mundiais, 200 fabricantes integrados e 3500 modelos de câmeras homologadas. Atualmente, sua plataforma é desenvolvida continuamente no Brasil, comercializada em mais de 100 países e traduzida em vários idiomas, fazendo do software um dos melhores em avaliações do mercado internacional. Mais informações estão disponíveis no site www.digifort.com.br.

Matérias relacionadas

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta matéria.

Comentar