Skip to content

Digifort auxilia secretarias de Turismo e Segurança Pública nos circuitos do Carnaval da Bahia

Enviado por marcelino - 09/02/2013 - Casos de Sucesso, Geral, Notícias

Governador Jaques Wagner visitou postos de serviços da Segurança e Turismo, onde estão instalados os sistemas de monitoramento IP do software Digifort

.

Fonte: SECOM | Bahia.

Edição: Marcelino Silva – marcelino@mscommidia.com.br.

Fotos: Manu Dias/GovBA/Divulgação.

.

Representantes da Sistemas Tecnologia demonstram o Digifort ao governador Jaques Wagner

Os postos de serviço das secretarias estaduais da Segurança Pública e do Turismo foram visitados na manhã desta sexta-feira (8) pelo governador Jaques Wagner. Junto com o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alfredo Castro, e o delegado-geral da Polícia Civil, Hélio Jorge, ele acompanhou o funcionamento do Centro de Informações Estratégicas do Carnaval (Ciiec) e do posto de observação da PM, em Ondina (Avenida Sabino Silva). Em seguida, a comitiva foi recebida pelo secretário do Turismo, Domingos Leonelli, no Comércio, onde visitou o call center da Bahiatursa montado no Centro Náutico de Salvador (em frente ao Mercado Modelo).

.

O Ciiec reúne representantes de 22 órgãos das esferas municipal, estadual e federal que trabalham, em regime de plantão, para otimizar o atendimento à população com informações de todas as áreas (segurança, saúde, defesa civil). “Quando temos os dados centralizados, automaticamente disponibilizamos mais eficiência e rapidez nos atendimentos”, destacou o comandante-geral da PM.

.

O objetivo é agilizar a adoção de providências, como o acionamento de patrulhas e ambulâncias. O centro conta ainda com uma central de monitoramento, que recebe as imagens geradas pelas 95 câmeras de vídeo instaladas nos circuitos do Carnaval e em outros pontos de Salvador. “As ocorrências são tratadas de forma imediata e com todos os órgãos presentes se torna muito mais fácil resolver os problemas”, disse o secretário da Segurança Pública.

.

O governo da Bahia investe R$ 32 milhões para garantir a segurança do Carnaval. Foram destacados 24 mil policiais, entre militares e civis, e peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT). “Essa é a garantia de que todo mundo que vem brincar possa curtir o nosso Carnaval, a nossa música, a nossa dança, sem ter problemas na área de segurança”, afirmou Wagner.

.

O call center da Bahiatursa funciona 24 horas por dia durante a festa. Montada no Centro Náutico de Salvador, a central de atendimento disponibiliza orientação aos turistas por telefone e chat on-line. Além do português, os profissionais do projeto Guias e Monitores do Carnaval atendem em outros 12 idiomas, entre eles inglês, espanhol, francês, mandarim, japonês e russo. “O visitante estrangeiro se sente mais seguro e informado, o que é matéria básica do bem-receber turístico”, disse Leonelli. Os turistas encontram orientação também nos postos de informação montados nos circuitos do Carnaval e em locais como o aeroporto, o terminal marítimo e a rodoviária de Salvador.

.

Diversos órgãos utilizam o Digifort nos postos de monitoramento

Pela primeira vez no Carnaval da Bahia, a turista carioca Janaína Marques precisou de informação sobre os horários das embarcações que fazem a travessia de Salvador para as ilhas da Baía de Todos-os-Santos e aprovou o atendimento dos guias de turismo. “Para quem não conhece a região, como no meu caso que estou aqui pela primeira vez, é muito importante ter essa orientação”.

.

Carlos Eduardo Bonilha, diretor executivo do Digifort, fala da importância do projeto, desenvolvido com integradores e órgãos públicos locais. “O nosso software possui inúmeros casos de sucesso quando a necessidade é o controle de multidões. A Bahia tem um dos maiores carnavais do Brasil, onde a concentração de pessoas em vias públicas é muito grande. O projeto é importante neste sentido, já que a cidade de Salvador será uma das sedes da Copa de 2014, recebendo visitantes de várias partes do mundo. O nosso parceiro Sistema Tecnologia também foi fundamental na implantação do Digifort nos circuitos do Carnaval baiano. Juntos, estamos prontos para atender futuras demandas tecnológicas da Bahia”.

.

Digifort – É o primeiro software brasileiro para monitoramento IP, CFTV Digital e armazenamento eletrônico de imagens. Conhecido no mercado como um IP Surveillance System, o produto possui recursos, equipamentos e soluções tecnológicas avançadas para as áreas de inteligência digital, vigilância empresarial e segurança urbana. Atualmente, sua plataforma é desenvolvida continuamente no Brasil, comercializada em mais de 80 países e traduzida em vários idiomas, fazendo do software um dos melhores em avaliações do mercado internacional. Mais informações no site www.digifort.com.br.

.

Veja as fotos desta reportagem na galeria abaixo.

Fotos: Manu Dias/GovBA/Divulgação.

.

Matérias relacionadas

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta matéria.

Comentar