Skip to content

Digifort e Axis fornecem soluções IP com tecnologia de ponta em condomínio horizontal

Enviado por marcelino - 09/03/2015 - Casos de Sucesso, Geral, Notícias

Equipamentos e estruturas foram projetados pela JE Consultoria & Treinamentos, integradora especializada em sistemas de segurança digital

.

Por Marcelino Silva – marcelino@mscommidia.com.br.

Fotos: Divulgação Digifort – www.digifort.com.br.

.

Áreas de lazer são monitoradas pelo sistema

Além das soluções empregadas em segurança urbana, corporativa e industrial, as capilaridades do Digifort também são capazes de atender demandas dentro do segmento residencial. Em recente caso de sucesso registrado na cidade de Santos/SP, o primeiro software brasileiro de monitoramento IP solucionou demandas de vigilância eletrônica no “Morro Santa Therezinha”. Agora, em projeto desenvolvido com equipamentos e tecnologias da Axis Communications, uma das principais fabricantes de câmeras do mundo, o Digifort proveu segurança da informação e análise de vídeo com qualidade digital na “Associação Jardins Gênova”, condomínio horizontal localizado no município de Uberlândia/MG.

.

Projetada pela JE Consultoria & Treinamentos, a topologia inicial foi composta por 26 câmeras, com destaque para os modelos “Speed Domes” com tecnologia IP de alta resolução em HD e Full HD, ambas fabricadas pela Axis. Além disso, rede por fibras ópticas e 32 licenças do Digifort Enterprise 6.7 compõem a gestão do sistema com escala de crescimento, suportadas por um servidor IBM e uma estação de imagem “ThinkClient Lenovo” com três monitores. A “Mesa Controladora” e o upgrade para a nova versão 7.0 do software já estão em processo de aquisição. Os novos recursos irão prover mais agilidade no monitoramento e maior redundância para garantir a segurança dos dados armazenados.

.

Uma das novidades deste upgrade será a utilização dos cartões de memória SD dentro das câmeras, onde o próprio software poderá coletar as imagens armazenadas nestes dispositivos em caso de falha da rede. A automação do condomínio via Digifort também faz parte do projeto de expansão tecnológica do local. “Tudo isso dará suporte à nossa central de monitoramento que opera 24 horas por dia, provendo controle, análise de vídeo, segurança e comodidade aos condôminos. Foram estas características que influenciaram na escolha de sistemas dinâmicos, escaláveis e inovadores que a Axis e o Digifort possuem”, revela Flávio Luis de Oliveira, diretor-presidente dos Jardins Gênova e engenheiro de telecomunicações.

.

Perímetros recebem vigilância

Ele também fez questão de reconhecer a importância técnica e operacional da JE Consultoria & Treinamentos durante o desenvolvimento do projeto. “Como arquiteto de sistemas, o consultor Jonas Rocha demonstrou total conhecimento sobre os produtos e entendeu muito bem a real necessidade do nosso cenário interno. Tal conduta foi fundamental para justificar o investimento realizado, pois todo condomínio residencial passa por etapas de convencimento ao adotar ferramentas deste tipo. O processo de aprovação se torna lento na maioria das vezes, mas no caso dos Jardins Gênova foi possível demonstrar que valeu a pena investir em tecnologia de ponta, qualidade e inovação”, conclui o engenheiro.

.

Planejamento – O projeto em Uberlândia foi dividido em várias etapas. Na primeira fase, o antigo sistema foi substituído pelo Digifort e a transição tecnológica foi realizada com total sucesso e aprovação do cliente. Depois, a etapa seguinte foi dedicada à avaliação, substituição e instalação de novas câmeras. Na terceira fase, com a atualização do sistema de monitoramento para o Digifort versão 7.0, os principais recursos do condomínio terão redundância “failover” (cluster ou conjunto de servidores), garantindo a continuidade do sistema, gravação de borda para armazenamento de imagens em caso de perda da comunicação na rede e sistema “bookmark” para guardar os dados dos visitantes.

.

Rocha explica que o cliente estava insatisfeito com sua realidade. “Implantamos o Digifort e melhoramos a situação de imediato. Substituímos quatro câmeras e instalamos 14 novos modelos, todos da Axis. Já tínhamos oito câmeras em condições de uso, totalizando com 26 câmeras no sistema de vigilância central. É importante ressaltar que o investimento legado foi mantido, utilizando computadores, monitores, switches, câmeras e servidores existentes. A principal vantagem foi a versatilidade do Digifort e da Axis na adaptação de um cenário pré-constituído, preservando o antigo investimento, provendo facilidade de operação, tecnologia de ponta, segurança da informação e escala de crescimento para o futuro”.

.

O projeto ainda prevê outros recursos com a tecnologia Digifort dentro do residencial, como instalação de novas câmeras Axis, utilização do áudio bidirecional para totens em pontos de controle, botões de pânico para emergências, automação do ar-condicionado da academia e dos sistemas de iluminação do campo de futebol e das quadras poliesportivas. Na quarta fase, alguns locais terão a tecnologia dos “analíticos de vídeo” para observação de áreas restrita e fiscalização de veículos na contramão ou fora da velocidade de tráfego permitida. Numa quinta etapa, ainda será implantado o sistema de LPR para armazenar placas de automóveis na entrada, na saída e nos arredores do condomínio Jardins Gênova.

.

Segurança opera 24 horas no local

“Utilizamos o Digifort e a Axis pela qualidade e tecnologias que permitem os melhores resultados. O ligthfinder, por exemplo, foi um recurso fundamental, pois captura imagens com cores reais, mesmo com pouca luminosidade. Muitos clientes possuem câmeras e softwares VMS estáveis, mas não usam o potencial pela complexidade e acham a solução cara. A interface amigável, o suporte diferenciado e as possibilidades que o Digifort possui não deixam isso acontecer. Cabe aos integradores pensarem fora da caixinha e tornarem os sistemas de monitoramento de seus clientes um total sucesso. Com o apoio dos Jardins Gênova, o nosso trabalho segue no caminho certo”, finaliza o consultor.

.

Dados básicos do projeto:

.

  • Segmento: Segurança Patrimonial.
  • Localização: Uberlândia/MG – Brasil.
  • Aplicação: Monitoramento de Condomínio Residencial.
  • Organização: Associação Jardins Gênova.
  • Parceiros: Software Digifort e Câmeras Axis Communications.
  • Integrador: JE Consultoria & Treinamentos.

.

Digifort – É o primeiro software brasileiro de “Monitoramento IP” e armazenamento digital de imagens. Conhecido como um IP Surveillance System, o produto possui recursos, equipamentos e soluções tecnológicas avançadas para as áreas de inteligência digital, vigilância empresarial e segurança urbana. Possui aproximadamente 12 mil clientes mundiais e cerca de 200 fabricantes com mais de 4000 modelos de câmeras integradas. Atualmente, sua plataforma é desenvolvida continuamente no Brasil, comercializada em mais de 100 países e traduzida em vários idiomas, fazendo do software um dos melhores em avaliações do mercado internacional. Mais informações estão disponíveis no site www.digifort.com.br.

.

Veja as fotos desta reportagem na galeria abaixo:

Fotos: Divulgação Digifort – www.digifort.com.br.

.

Matérias relacionadas

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta matéria.

Comentar