Skip to content

Digifort transforma Poly Terminais em referência tecnológica inédita em porto do Sul do Brasil

Enviado por marcelino - 02/03/2014 - Casos de Sucesso, Geral, Notícias

Projeto de reestruturação do sistema de monitoramento IP do recinto portuário contou com soluções das empresas Alarm System e Essencial Tecnologia

.

Por Marcelino Silva – marcelino@mscommidia.com.br.

Fotos: Divulgação / MSCom Mídia – www.mscommidia.com.br.

.

Sala de monitoramento opera o Digifort 24 horas por dia

Com novas leis, investimentos privados e melhoria da infraestrutura pública, o setor portuário brasileiro vem recebendo novas possibilidades de negócios. Por outro lado, a Tecnologia da Informação é um dos caminhos capazes de eliminar gargalos que ainda impedem o crescimento de portos pelo País. Com soluções aderentes às necessidades de recintos e terminais alfandegados, o Digifort colabora de forma direta com as demandas deste segmento empresarial. Desta vez, o mais novo caso de sucesso do software nesta área foi registrado no complexo da “Poly Terminais Portuários S/A”, localizado em Itajaí/SC.

.

O trabalho foi desenvolvido pela Alarm System Distribuição e Treinamento, responsável pelo projeto de reestruturação técnica do cliente; em parceria com o integrador Essencial Tecnologia Inteligente, atual gestora de manutenção preventiva do terminal. “Recebemos um relato de que o sistema de CFTV estava reiniciando entre 15 e 45 minutos. Isso não poderia ocorrer, já que a empresa opera em regime alfandegado. Agendamos uma vistoria e constatamos que a plataforma utilizada estava desatualizada e com sérios problemas operacionais. Neste momento, após analisar o cenário técnico do local, foi que identificamos a necessidade do Digifort”, revela Sandro Neves, diretor da Alarm System.

.

Ele conta que o projeto foi todo baseado no Digifort, mesmo que o problema principal não fosse de software. Para tanto, os especialistas demonstraram as vantagens de utilizar um sistema 100% nacional, suporte local, escalabilidade, taxa de aquisição única sem renovações anuais e um excelente market share do produto no mercado mundial. O cliente aprovou o estudo, desde que houvesse comprometimento dos parceiros na implantação do projeto, sendo solidário diante de eventuais situações que pudessem complicar a migração do antigo CFTV para o novo sistema de monitoramento IP do Digifort.

.

Rodrigo Zimmermann, Thiago Bevilaqua, da Essencial Tecnologia; e Sandro Neves (da esq. à dir.)

Solução – Após 60 dias de ajustes, troca de servidores e treinamento, o terminal passou a ser monitorado via Digifort. O principal desafio foi integrar a solução “Southwest Microwave (Cabo Perimetral Sensor) ao sistema, pois sua versão não suportava a comunicação IP. Foi criado um “middleware compatível com a porta “RS232”, interligada aos módulos do cabo e conversando por uma “string HTTP com os eventos globais do Digifort. Além dos eventos na cerca perimetral gerarem um alarme, eles trazem a imagem da câmera com o preset, localizado no ponto de intrusão em modo pop-up. Também gera uma informação num MAPA digital do terminal, tudo dentro da plataforma do “Cliente de Monitoramento do Digifort”.

.

O diretor revela que além das soluções lógicas inéditas aplicadas ao projeto, equipamentos obsoletos foram substituídos. “Instalamos câmeras IP de alta qualidade. Fabricadas pela Venetian, dotam o terminal da mais moderna tecnologia de captação de imagem. Após auditoria da Receita Federal, o recinto foi citado como referência portuária, em conformidade com o COANA e demais normas de segurança. Foi um grande desafio para nós, uma ótima solução para o cliente e a certeza de que o Digifort oferece o melhor respaldo tecnológico aos parceiros. Para o mercado, fica a prova de que conhecer a ferramenta, o ambiente de implantação e as responsabilidades junto ao projeto sempre levarão ao sucesso”, finaliza Neves.

.

Rodrigo Zimmermann, gerente de TI da Poly Terminais, conta que possui 178 câmeras monitorando o complexo. Elas auxiliam de forma direta nas atividades do recinto aduaneiro, mas em breve se tornarão imprescindíveis com a atracação dos primeiros navios. “Problemas com o antigo sistema nos levou à busca por outra solução. O fator software nacional e a reputação junto ao mercado foram decisivos. Os benefícios foram vários, mas posso destacar a qualidade do software, a flexibilidade ao cenário interno e a parceria eficaz entre cliente e fornecedor. Em nossa sala de monitoramento, todos os agentes que operam 24 horas por dia o sistema estão satisfeitos com a praticidade e estabilidade do Digifort”, completa.

.

Saiba mais sobre os envolvidos no caso de sucesso deste projeto:

.

.

Digifort – É o primeiro software brasileiro de “Monitoramento IP” e armazenamento digital de imagens. Conhecido no mercado como um IP Surveillance System, o produto possui recursos, equipamentos e soluções tecnológicas avançadas para as áreas de inteligência digital, vigilância empresarial e segurança urbana. Possui mais de 12 mil clientes mundiais, 200 fabricantes integrados e 3500 modelos de câmeras homologadas. Atualmente, sua plataforma é desenvolvida continuamente no Brasil, comercializada em mais de 100 países e traduzida em vários idiomas, fazendo do software um dos melhores em avaliações do mercado internacional. Mais informações estão disponíveis no site www.digifort.com.br.

.

Veja as fotos desta reportagem na galeria abaixo.
Fotos: Divulgação / MSCom Mídia – www.mscommidia.com.br.

.

Matérias relacionadas

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta matéria.

Comentar