Skip to content

Termoelétrica da Petrobras moderniza sistemas de segurança e implanta soluções IP da Digifort

Enviado por marcelino - 29/06/2011 - Casos de Sucesso

Projeto de CFTV e monitoramento digital de imagens foi desenvolvido para operar na Usina Aureliano Chavez, localizada em Ibirité (MG)

 

Usina Aureliano Chavez, localizada em Ibirité (MG)

No mesmo mês que participou de feiras internacionais e promoveu parcerias com fabricantes mundiais de câmeras IPs, a Digifort também anunciou soluções no mercado brasileiro. Desta vez, o projeto realizado atendeu as necessidades tecnológicas da IBIRITERMO S.A., mantenedora da Usina Termoelétrica Aureliano Chavez. A empresa é gerida pela parceria internacional entre a italiana Edison S.p.A. e a brasileira Petrobras S.A. Embora concebido com tecnologia de ponta, o complexo da usina demandava melhorias e modernização dos sistemas de monitoramento e CFTV.

 

A realização do projeto foi possível pela união entre o integrador Rocket-Tec Sistemas Eletrônicos, o distribuidor WDC Networks, representante dos equipamentos Grandstream, e a Digifort. Foi elaborada uma proposta que possibilitasse transformar a estrutura existente num sistema profissional de vigilância IP, possibilitando o monitoramento pela plataforma de software e servidores Digifort VMS. Apesar do funcionamento e robusta configuração, a usina estava utilizando equipamentos analógicos, dificultando a manutenção e implantação de recursos ponta, a exemplo da tecnologia digital IP.

 

“A termoelétrica precisava de mais funcionalidades, melhor qualidade de gravação de vídeo e flexibilidade operacional, mantendo as câmeras modelo PTZ existentes, pois tinham histórico de bom funcionamento e investimentos da empresa. Na lista estavam dez câmeras Domo Pelco Spectra e 28 Pelco CC3701H-2. A nova combinação é capaz de oferecer mais funções num único sistema, onde mais de 30 câmeras e pontos de alarme e monitoramento com controles de I/O podem ser geridos por um DVS (Digital Vídeo Server), modelo Grandstream GXV3504”, conta Fabiano Badin Telles, representante da Rocket-Tec.

 

O especialista explica que a instalação do sistema e a configuração do DVS foi relativamente simples. “A Grandstream e a Digifort auxiliaram até o ajuste final e o completo atendimento das necessidades do cliente. Ficamos impressionados com a possibilidade de controlar interfaces de alarme e monitoramento de vídeo num mesmo sistema. Depois de instalada, a topologia do projeto contemplou 38 câmeras, 24 interfaces de alarme I/O, quatro estações de monitoramento e seis monitores de vídeo”, conclui Telles.

 

Devido à integração com os equipamentos existentes (câmeras, barreiras/detectores de infravermelho, entre outros), o novo sistema de monitoramento IP permitiu que a Usina Termo Elétrica Aureliano Chavez continuasse utilizando as câmeras existentes em sua estrutura. Além disso, a empresa modernizou sua área de vigilância, economizou recursos financeiros, aumentou a segurança e melhorou a capacidade de armazenamento e monitoramento das imagens dentro do seu complexo fabril.

 

WDC Networks – Importante distribuidor de soluções tecnológicas no Brasil. Tem como foco divulgar produtos com tecnologia de ponta, personalizados para cada projeto. Seus negócios abrangem atendimento técnico e comercial nas áreas de Wireless, CFTV Digital IP e Telefonia VoIP. Estas características fazem da WDC líder de mercado, registrando casos de sucesso e satisfação em milhares de parceiros e canais de vendas ativos. Esta rede á apoiada por um time de engenheiros, técnicos e consultores capacitados no suporte e atendimento final. Mais informações no www.wdcnet.com.br.

Matérias relacionadas

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta matéria.

Comentar